sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

ELAS Precisam e ELES Querem Saber


  Eu sei como é difícil nossa trajetória. Ser mulher, mãe e esposa.  Muitas de nós temos dupla jornada de trabalho.  O cansaço e desânimo vem por vezes nos abater  em alguns momentos.  Muitas de nós se sente profundamente exausta e incapaz de “dar conta” de todas  as tarefas e posicionamentos que nos  é cobrado.
A vida financeira nem sempre é tranqüila, o companheiro nem sempre é o mais compreensivo.  Muitos casamentos sucumbem por causa da rotina desgastante e da falta do que é mais precioso para manter uma família equilibrada: conhecer o Criador e o que Ele determinou para nossas vidas.  Só assim, estaremos conscientes do que o idealizador do “Projeto Família” quer de nós como mulheres.
Todos sabemos que o homem e a mulher pecaram no Jardim do Éden.  A desobediência de Eva assentida por Adão que era responsável por tudo que Deus criara; e sendo o “cabeça” daquele lar, trouxe conseqüências penosas para a humanidade.
À mulher, ele declarou: "Multiplicarei grandemente o seu sofrimento na gravidez; com sofrimento você dará à luz filhos. Seu desejo será para o seu marido, e ele a dominará".E ao homem declarou: "Visto que você deu ouvidos à sua mulher e comeu do fruto da árvore da qual eu lhe ordenara que não comesse, maldita é a terra por sua causa; com sofrimento você se alimentará dela todos os dias da sua vida. Ela lhe dará espinhos e ervas daninhas, e você terá que alimentar-se das plantas do campo. Com o suor do seu rosto você comerá o seu pão, até que volte à terra, visto que dela foi tirado; porque você é pó, e ao pó voltará". Gn 3:16 a 19 (leia Gn 3 todo)
Todo esse cansaço, essa batalha incessante para manter um padrão descente de vida, é resultado de uma sanção que ao homem foi imputada lá em Gênesis!  Só que o homem tem sido influenciado em demasia pelo consumo exagerado daquilo que  as mídias oferecem segundo a segundo.
Achamos que precisamos de tantas coisas fúteis que sofremos e nos sentimos  incapazes por não tê-las.
Conheço pessoas que tem o último modelo  de aparelho celular cujo mesmo tem todas as funções possíveis e ela só usa para atender e fazer chamadas.  Tenho certeza que você minha amiga, tem no seu armário da cozinha um ou mais eletrodomésticos que não usa. Enquanto não o adquiriu, pensando que ele seria útil todos os dias e você não poderia viver sem ele, você não sossegou.
A verdade, é que a “serpente” continua mentindo para a humanidade e muitos  continuam ouvindo e aceitando as sugestões maliciosas que são feitas para nos destruir. Destruir não é  um pouco forte? Não.  É só esse o objetivo de satanás. Ele odeia a criatura de Deus ele odeia as famílias pois é projeto de Deus.
Quando falamos que não podemos dar “brechas” para satanás, isso inclui e muito o gerenciamento financeiro da família.
A esposa  sábia edifica sua casa e a tola  sai gastando o cartão de crédito e comprando coisas que não precisa pois dá ouvidos às sugestões  feitas pelo maligno.
Muitos maridos tentam argumentar com suas esposas sobre a economia do lar, mas elas ficam cegas e surdas quando querem alguma coisa.  Já conheci esposas que furtavam a carteira de seu marido!  Há esposas que trabalham fora e gastam todo seu salário com futilidades, não havendo um planejamento familiar em conjunto com o marido.  Quando a esposa precisa trabalhar para ajudar nas despesas do lar, é necessário que haja um planejamento das finanças da família em conjunto com o esposo.  Não existe “o seu e o meu salário”. É uma só carne, um só planejamento financeiro, um só saário.  Caso seu marido supra todas as necessidades do lar, que a esposa seja a ajudadora no lar!  É melhor que a esposa seja a ajudadora criando seus filhos, para que estes cresçam com o acompanhamento materno.  A maioria dos problemas com os filhos, é pensar que estando com a babá e a televisão em casa, eles terão uma formação exemplar.  Que somente por nós sermos uma boa pessoa ou seguirmos uma religião, eles serão pessoas de bem!
A orientação diária feita de forma correta, segundo os preceitos do Criador, o testemunho de vida idônea que damos aos nossos filhos vão contribuir na  formação do caráter dele!
Fomos criadas com propósito e a Palavra de Deus nos ensina  como desenvolver o chamado de esposa que temos:
(As observações em azul foram feitas por mim)

Vós, mulheres, sujeitai-vos (sejam submissas) a vossos maridos, como ao Senhor;
 Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo.(ao marido são imputadas muitas responsabiidades inclusive espirituais e a esposa precisa entender isso)
De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos. (Submeter-se; dobrar a cerviz e  levantar a cerviz quer dizer revoltar-se.)
Grande é este mistério; digo-o, porém, a respeito de Cristo e da igreja.
 Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie(manifeste respeito) o marido.” Efésios 5:22 -24 e 32-33

Não se zangue comigo.  Estas são as palavras das Escrituras Sagradas! Precisamos ser submissas aos nossos maridos, ou seja, estar sob a missão dele.  Você escolheu  casar com esse homem que a missão inclui viajar, então na sua ausência precisa ser fiel e cuidar do lar até o seu retorno.  Você escolheu casar com um rapaz cuja missão é um trabalho noturno, sabe que vai dormir sozinha na maioria das noites da sua vida! Caso seu marido já tenha filhos de outro relacionamento, saberá que na missão dele esse fruto irá fazer parte de sua vida em algum momento.  Você casou com um rapaz humilde, submeta-se ao que ele pode oferecer e não o enlouqueça!
A esposa é a ajudadora!  O marido o cabeça!  Façam tudo juntos, dê sua opinião, manifeste seus desejos, seu querer, faça planejamentos com ele sobre a vida do casal, mas lembre-se que a ele foi conferida a decisão final.
Seu desejo será para o seu marido, e ele a dominará".Gn 3:17
E se ele não tiver sabedoria e suas escolhas não contribuírem para o crescimento da família? Antes de se casar você teve tempo de conhecê-lo?  Pois deveria ter conhecido bem a missão dele, para aceitar se submeter a ela.  Agora, ainda não está nada perdido! Faça como ensina a Palavra de Deus:
Semelhantemente vós, mulheres, sede submissas a vossos maridos; para que também, se alguns deles não obedecem à Palavra, sejam ganhos sem palavra pelo procedimento de suas mulheres, considerando a vossa vida casta, em temor.(o procedimento da esposa, seu testemunho é o que contribui para o marido ser alcançado por Cristo )O vosso adorno não seja o enfeite exterior, como as tranças dos cabelos, o uso de jóias de ouro, ou o luxo dos vestidos, mas seja o do íntimo do coração, no incorruptível traje de um espírito manso e tranqüilo, que és, para que permaneçam as coisas Porque assim se adornavam antigamente também as santas mulheres que esperavam em Deus, e estavam submissas a seus maridos” 1Pe 1-5
Aqui não é para ser entendido, que a mulher não deve cuidar da sua saúde e beleza exterior.  Não quer dizer também que não possa usar adornos. Apenas, que sua beleza não seja somente a exterior. A Palavra descreve o perfil da mulher de Deus.  Aquele perfil que o mundo desenhou, da mulher moderna que compete com o homem no mercado de trabalho, que não tempo para os filhos pois precisa trabalhar para suprir as necessidades muitas vezes de coisas que não são essenciais, é mentira de satanás.
Por esse motivo que muitas de nós estamos cansadas, sem ânimo, muitas vezes abatidas,  pois o mundo impõe conceitos e preconceitos com relação a mulher. E muitas vezes nós achamos que temos que conseguir  ir além das nossas forças, aém do que Deus nos conferiu como ajudadoras!
“...honra à mulher, como vaso mais frágil...” 1 Pe 3:7b
Lembrando que ser frágil não que dizer incapaz.  Somos capazes de executar qualquer tarefa, mas precisamos focar na tarefa maior: a que Deus nos imputou..
Eu sempre digo quando falo à mulheres, que é mais fácil ser “submissa” do que ser “o cabeça”.  A responsabilidade do marido é ampla e nos amar como “Cristo amou a igreja”, não é brincadeira! Veja novamente o texto da Palavra colocado no post “Casamento é Matemática”:
“Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra,Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível. Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo. Porque nunca ninguém odiou a sua própria carne; antes a alimenta e sustenta, como também o Senhor à igreja; Porque somos membros do seu corpo, da sua carne, e dos seus ossos.” Ef. 5:25 a 30
Posso garantir que depois que entendi e comecei a exercer o papel que Deus a mim conferiu, minha vida mudou. E é por esse motivo que eu posso dizer para você, que a ansiedade do seu coração é infundada.  Você não tem que correr atrás de tantas situações pensando que é esse seu papel na instituição “família” que Deus planejou.  Repense sua posição.  Refaça com seu esposo seu planejamento financeiro para que vocês fiquem sem dívidas por coisas fúteis ou dispensáveis.  Diminua seu ritmo de trabalho  para ser a ajudadora do seu esposo, a mãe que acompanha o crescimento de seu filho, ensinando-o diariamente os caminhos do Senhor.  Não se sinta diminuída por  organizar seu lar e a vida do “cabeça” da sua casa, do provedor da sua família, numa missão que foi você quem escolheu. Essa é a verdade de Deus. O que o mundo diz é mentira de satanás.
Sei que Ele vai abençoar sua vida como tem abençoado a minha e mostrar para você como é bom entender e obedecer aos propósitos de Deus para nós.
Com todo meu carinho,
Soraya Barros

 Ouçam esta linda canção com Valéria Santos


2 comentários:

  1. Como sempre, um artigo embasado na Palavra de Deus. Que Este a abençoe mais e mais.

    Em Cristo,

    M. B. Matos!!!

    ResponderExcluir